domingo, 30 de novembro de 2014

Os quatro anjos do Advento

Na pressa da nossa sociedade consumista, depois do dia das crianças, que é  a penúltima data comercial do ano, já se fazem os preparativos para o Natal...quer dizer,  as vendas...e a gente se confunde nessa aceleração. Eu mesma já havia montado o presépio de Natal, mas sempre há tempo para aprender ou relembrar. Hoje, o primeiro domingo do Advento, é o dia correto para faze-lo, um exercício interno de esperar o tempo certo. Nessa primeira semana colocamos  no presépio pedra areia e terra (elemento terra) e acendemos a vela azul. Tudo isso aprendi na Associação Três Fontes aqui em Campinas.
Para simbolizar as quatro velas coloridas do advento, trocaremos o fundo colorido do blog  a cada domingo até o Natal e publicaremos uma História.
Os quatro anjos do Advento  (lenda russa)
Há muito tempo atrás os homens viviam no mundo, mas não sabiam construir casas, nem plantar e cuidar da terra. Viviam em cavernas onde era escuro, não tinham luz.
Deus, então chamou os Anjos para que trouxessem luz aos quatro cantos do mundo e avisassem os homens que o Filho de Deus viria.
O primeiro Anjo tinha asas azuis. Foi iluminar as cavernas e as grutas com um raio de luz que o sol lhe deu. Foi esse raio de luz de sol que ajudou os anões a fazerem pedras coloridas. Esse anjo trouxe a chuva e ela lavou as pedras, encheu os lagos, fez os rios correrem mais depressa.
O segundo Anjo tinha asas verdes. Saiu do céu bem cedinho, mas como voava devagar, chegou na terra ao entardecer. O raio de luz que esse Anjo trouxe deu cor e perfume às plantas. Ele também ensinou os homens a plantar e a deixar a terra bem fofinha para receber a semente.
O terceiro Anjo tinha as asas amarelas. Ele foi até perto do sol e o sol lhe deu um raio de sua luz para que ele trouxesse até a terra. Quando ele estava chegando, os animais viram aquela luz e ficaram admirados. O Anjo então explicou que iria nascer uma criança muito especial e que todos deveriam se preparar para recebê-La. Os pássaros fizeram músicas muito bonitas, as borboletas coloriram suas asas, os animais de pelo falaram uns com os outros sobre o acontecimento e o vento espalhou a notícia por todos os cantos.
O quarto Anjo tinha asas vermelhas. Ele queria tanto ajudar os homens que foi logo falar com

Deus , não esperou ser chamado. Deus tirou uma luz do seu trono e disse ao Anjo vermelho que colocasse essa luz no coração de cada homem, de cada mulher, de cada criança. Porque já estava bem perto o dia do nascimento de Jesus.


É por isso que até hoje acendemos 4 velas na coroa de Advento, para lembrar os quatro anjos que nos avisaram da chegada do filho de Deus.
----------------------------------------------------------****------------------------------------------------------------------    

sábado, 22 de novembro de 2014

Biscoitos da Alegria, receita de Hildegard

Essa é uma receita de Hildegard de Bingen, uma grande mulher que viveu no século XII e tem me inspirado em suas múltiplas faces 

Nascida na Alemanha, 1098, da ordem beneditina, Hildegard de Bingen considerada mística e profeta do século XII, começou a ter visões e  inspirações divinas desde a infância. Essas visões continuaram ao longo de sua vida e foram a fonte de informações altamente honradas sobre teologia e a cura através de uma abordagem multidimensional para o corpo, mente, emoções e a espiritualidade. Amplamente aceita por médicos e religiosos de seu tempo, as obras de Hildegard foram perdidas ao longo dos séculos e recentemente resgatada por autores importantes  como Strehlow.  No livro de titulo: Hildegard of Bingen's Medicine traz uma contribuição inovadora para a medicina e a cura. Nesse livro contém traduções do texto de Hildegard que refletem o ponto alto da ciência medieval, alquímica e curativa. 


Assim Hildegard foi uma grande estudiosa, curava as pessoas através das ervas medicinais, pedras preciosas, argila, a musica e o resgate do contato com a natureza. Hoje é uma das doutoras e santas da igreja católica apostólica romana, escreveu vários livros sobre medicina natural, teologia e  alimentação saudável.

Atuava também na área das artes: teatro e musica,  foi compositora musical, alias a primeira compositora na historia da  musica a se ter registro nominal.  Para saber mais sugiro o filme Vision    filme


O  que me encanta na Medicina de Hildegard  é buscar como fonte de cura a natureza e os alimentos. Assim vou compartilhar aqui uma receita que ela indica como remédio para os nervos pois favorece a concentração,  a inteligencia, elimina a "amargura do coração", trazendo a  alegria,  pois reduzem os líquidos nocivos do organismo, revigoram e fortalecem.



 Biscoitos da Alegria 

(indicado para memória, vitalidade e energia)

Ingredientes:


 ü  400 gramas de farinha de trigo espelta (esse trigo só  e encontrado na Europa e alguns países asiáticos, alias,  estou a procura de um importador ou quem possa cultivar no Sul)  pode ser substituído pelo farinha de trigo integral e orgânica (de preferencia) ;
ü  250 gramas de manteiga;

ü  150 gramas de açúcar mascavo (diabéticos, usar açúcar adequado ou sem)
ü  200 gramas de amêndoas ou outra castanha (moídas ou triturada );
ü  1 colher (sopa)de canela em pó;
ü  1 colher (café) de noz moscada ralada;
ü  1 colher (café) cravo (po);
ü  1/4 de colher (café) de sal;
ü  Água, o suficiente para dar  consistência a massa.

 (a receita original pede dois ovos, mas eu optei em não usar)

 Preparo:
Numa vasilha colocar a farinha de trigo integral, a manteiga derretida ou picada em pequenos pedaços, o açúcar, as amêndoas, as especiarias e os outros ingredientes.
Misturar bem, amassando rapidamente, deixar na geladeira por cerca de 30 minutos,  depois abrir  a massa e cortar nos formatos desejados. Levar ao forno em assadeira forrada com papel manteiga por cerca de 20 a 25 minutos a 180-200 graus.
uma das mandalas de Hildegard


Biscoitos da Alegria edição 2014  pela  Docemente Cozinha Afetiva

Edição 2017


Arte Iago Carvalho   curta a pagina


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Decoração sustentável de Natal

Ilumine sua casa com essa ideia, reutilize embalagem de ovos e pisca pisca velho. Recorte o fundinhos das embalagens de ovos, passe cola com pincel e jogue glitter no interior delas. para manter a cor sugiro verniz spray para o acabamento. Fure e encaixe as luzinhas do pisca pisca

ou aquelas caixas de ovos azuis que tem um brilho


segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Inicia um novo ciclo

mandalas da vida...na Avenida Carolina Florence - Campinas/SP


O  período da data das eleições do primeiro turno, dia 5 de outubro,  até  o segundo  turno dia 26,  foi de 21 dias, o tempo exato de um ciclo...dias intensos...foi por esses dias que fotografei de dentro do ônibus essa imagem, tomada de surpresa pela sua beleza,   que se tenha esperança!
SP